Colombian Gold: conheça sua origem e efeitos

A Colombian Gold é uma strain (traduzindo para o português: cepa, linhagem da planta) conhecida por oferecer uma onda energética muito forte para o cérebro — resultando numa brisa muito especial.

Conhecer a origem e linhagem da planta é fundamental para entender o perfil químico dessa linhagem de cannabis, o qual mostra informações relevantes para a saúde de quem a fuma, como a variedade de canabinoides e terpenos presentes na erva.

E aí? Você conhece a origem da Colombian Gold? Ainda não? Então continue sua leitura e descubra de onde vem todo o potencial dessa cannabis tão queridinha. De quebra, veja também os principais efeitos causados por ela.

Qual a origem da Colombian Gold?

A Colombian Gold é uma strain retirada diretamente das montanhas de Santa Marta, uma cidade no norte da Colômbia. Conhecida carinhosamente por muitos brasileiros como “colô”, essa erva é cultivada há mais de 80 anos, desde a década de 60.

Atualmente, é um pouco difícil encontrar a Colombian Gold em sua composição original. Isso porque, com o passar do tempo, a sua origem se uniu com a Acapulco Gold e se tornou uma das strains híbridas mais conhecidas e consumidas no mundo: Skunk #1.

Você sabe o que é um Skunk? Também conhecida como supermaconha, a palavra refere-se a técnica de unir duas ou mais linhagens da cannabis, formando uma strain híbrida. Para entender melhor, veja nosso post sobre os principais tipos de Skunk!

Qual a origem da Colombian Gold?

Quais as principais características da Colombian Gold?

Não temos dúvidas de que a Colombian Gold é uma das ervas queridinhas de muitos maconheiros, e não é à toa não! A strain possui características únicas e incomparáveis, facilitando diferenciá-la em relação às ervas convencionais, como o prensado.

Buds

Para quem não conhece, “buds” é uma gíria muito comum entre maconheiros e representa a flor da cannabis. Os buds da Colombian Gold possuem um tamanho pequeno/médio e uma cor verde-clara misturada a alguns tricomas em tons de amarelo-alaranjado.

Essa combinação gera uma flor com tonalidade muito próxima ao dourado. Inclusive, é daí, que o nome “Colombian Gold” surgiu. Traduzindo para o português, “ouro colombiano”

Gosto e aroma

As flores da Colombian Gold possuem um cheiro forte muito característico do skunk. Além disso, ela conta com notas cítricas de lima e limão, que geram um gosto terreno misturado a um toque refrescante de ervas. O gosto cítrico presente nesta linhagem é justamente o que sempre te faz querer mais um trago.

Para deixar a verdinha ainda mais saborosa, normalmente a Colombian Gold vem acompanhada de terpeno de Mirceno — composto presente no capim-limão que aumenta a sensação cítrica no gosto dessa strain.

Como a Colombian Gold é cultivada?

A genética da Colombian Gold é bastante antiga. Por esse motivo, seu cultivo ocorre de forma moderada, e sua semente não é facilmente encontrada. Contudo, essa não é uma strain complicada de plantar, afinal, ela é resistente, robusta e conta com um alto rendimento de flores.

Por ser uma planta originalmente da Colômbia, ela prefere ser cultivada em ambientes tropicais, com temperaturas por volta de 25 °C.

É claro que assim como outras plantas, ela precisa de uma fertilização padrão para atingir seus níveis de floração, que ocorrem entre as nove e doze primeiras semanas após a plantação.

Quer saber como plantar a sua própria strain? Veja nosso post sobre como plantar maconha e aprenda!

Como a Colombian Gold é cultivada?

Quais os efeitos da Colombian Gold?

A colô é conhecida por entregar um efeito cerebral muito louco para o corpo. Sua brisa permanece constante durante toda a onda — que, por sinal, aguenta por muito mais tempo do que as cannabis convencionais.

Além disso, a Colombian Gold deixa a mente mais acelerada — sem causar ansiedade! — e torna os pensamentos da mente mais livres e descontraídos.

Ao contrário de outras strains, essa linhagem não tem fama de ser sedativa e deixar o corpo relaxado, e sim de gerar uma onda energética para o corpo. Por isso, são perfeitas para serem usadas anteriormente a atividades em que você precise de produtividade, como: exercícios físicos, trabalho e estudos.

Para curtir ainda mais o efeito da Colombian Gold, veja nosso post com 6 coisas para fazer chapado. Aproveite e curta a onda!

A Colombian Gold pode ser utilizada para uso medicinal?

Sim! A Colombian Gold pode ser de grande valia para pacientes de maconha medicinal. Ela é muito indicada para pessoas com distúrbio de atenção, pois sua onda duradoura oferece foco e concentração para o cérebro.

Devido à natureza de seus efeitos alto astral, essa strain também pode ser usada para aliviar sintomas de depressão e estresse moderado. Isso porque sua genética não induz a paranoia, pânico ou ansiedade — características muito comuns em outras sativas com a mesma potência da Colombian Gold.

É claro que, para qualquer tipo de uso medicinal, é preciso da indicação de um médico especializado. Essa é uma forma preventiva de redução de danos causados pela maconha que precisa ser seguida. Caso contrário, pode gerar efeitos indesejados.

Conhecer a origem da erva que ingerimos é essencial para entendermos seus efeitos e contraindicações. Para se aprofundar ainda mais no universo da cannabis, continue acompanhando o Blog da Mata e conheça a Lemon Haze strain que possui onda energética assim como a Colombian Gold.

4.4/5 - (25 votes)
Autor: Michael da Mata Conheça o maior blog de headshop e tabacaria do Brasil, dicas e conteúdos exclusivos sobre fumos, sedas, viagens e acessórios para você relaxar!
Anterior

Entenda tudo sobre a Salvia Divinorum

Percolator: descubra como funciona e o que ele é!

Próximo

Visite a loja da Tabacaria da Mata!

Deixe um comentário