Conheça 7 jeitos diferentes de fumar um sem a seda

Cansou de fumar um com uma seda convencional e está precisando inovar? Pois bem, existem diversas formas diferentes para você aproveitar a sua erva sem usar seda. Seja com outros acessórios que podem ser encontrados em tabacarias e headshops ou, para quem precisa de algo improvisado, com itens que você pode ter em casa.

Independentemente se você curte fumar uma buchinha, prensado ou extrações, existem diferentes utensílios que podem te deixar numa boa. Você não precisa limitar a sua experiência apenas no papel, os bongs, pipes e outros acessórios improvisados podem ser excelentes alternativas.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo completo sobre como fumar sem seda com as melhores alternativas que você precisa conhecer. Continue rolando a tela e confira!

1. Bong

Ao entrar em uma tabacaria, um dos primeiros acessórios facilmente reconhecidos são os bongs. Encontrado em uma grande variedade de cores, formatos e preços, eles podem ser usados tanto para fumar a flor quanto para aproveitar algumas extrações. Nesse caso, uma dica importante é considerar o que você pretende fumar nele para comprar o modelo ideal.

Dentre os diversos tipos de bong, os materiais encontrados em sua composição podem ser: vidro, acrílico e silicone. Cada um deles possui pontos positivos e negativos.

2. Cachimbos

Os cachimbos são atemporais, não é mesmo? Provavelmente, essa é uma das maneiras mais antigas de queimar a ganja. Como nem tudo que é antigo é ruim, podemos usar o cachimbo como um bom exemplo disso.

Um dos principais benefícios desse acessório está no alto aproveitamento da erva. Além disso, você ainda evita a combustão do papel de cigarro, o que é uma redução de danos significativa para a sua saúde.

3. Vaporizador de ervas

Precisamos falar sobre o vaporizador de ervas! Mais do que discreto, pois diminui consideravelmente a fumaça e o cheiro, ele acaba sendo excelente para economizar a sua cota e ainda evita maiores danos ao seu pulmão. A opção perfeita para quem fuma com muita frequência!

Ao contrário da combustão convencional dos baseados, a vaporização consegue evitar diversas substâncias cancerígenas presentes na combustão. O vaporizador de ervas consegue entregar a mesma qualidade de erva — ou, até mais, com uma fumaça menos quente.

vaporizador de ervas preto

4. Tubo

O pipe é considerado por muitos como um cachimbo mais evoluído, com funções e utilidades mais modernas. É uma excelente opção para quem pensa em abandonar a seda convencional. Assim como o bong, existem diversos formatos, cores e materiais diferentes que podem ser do seu agrado.

Existem modelos maiores, para quem prefere colocar uma quantidade maior de fumo ou até os menores. Eles são mais compactos e podem ser levados para qualquer lugar. Existe um guia prático de como usar pipe aqui no nosso blog caso tenha interesse.

5. Seda de vidro

Uma ótima forma de inovar e diminuir os riscos causados pela seda de papel é trocá-la pelas sedas e piteiras de vidro. Além de serem reutilizáveis, elas ajudam a resfriar a fumaça e diminuem consequentemente a liberação de substâncias tóxicas que podem te fazer mal futuramente.

Assim como outros acessórios já apresentados, você tem a possibilidade de escolher tamanhos diferentes que combinem com a quantidade que você costuma fumar.

Precisa improvisar? Confira mais 2 maneiras diferenciadas!

Quem nunca passou apuros ao acabar todas as sedas da embalagem? É nesses momentos em que procuramos maneiras improvisadas e criativas para conseguir fazer uma sessão de qualidade, mesmo sem ter o famoso papel para bolar. É claro que existem diversas engenhosidades que podem ser adotadas. Confira algumas a seguir:

6. Balda

A baldada é uma ótima forma de como fumar sem seda numa roda com os amigos. Você só precisa de um balde, uma garrafa pet e a sua tampinha. No entanto, é preciso saber que esse “bong gravitacional” pode aumentar consideravelmente os efeitos da ganja. Nas primeiras vezes, tente colocar um pouco de ganja para não exagerar demais.

Você só precisará encher o balde com água até a metade do recipiente. Em seguida, você vai precisar repartir a garrafa pela metade, colocando a parte superior dentro do balde.

Fure a tampinha da garrafa e coloque a sua erva por cima. Agora é só acender, levantar a garrafa criando um “vácuo” com a água e fazendo com que a garrafa “fume” o recheio. Aí é tirar a tampinha e fumar bem devagar, sem puxar tudo de uma vez para que você não fique tossindo demais.

7. Bong improvisado

Os bongs improvisados são, sem dúvidas, uma das maneiras mais fáceis de fazer um beck sem seda. Usando acessórios simples do dia a dia, é possível criar um equipamento ótimo gastando pouquíssimo dinheiro. Você pode usar desde garrafinhas de água e embalagens de doces como o Tic Tac.

Para fazer o seu próprio bong versão econômica, você vai precisar de:

  • 1 garrafinha de água vazia;
  • 1 caneta;
  • 1 papel alumínio;
  • 1 recheio para colocar no bong.

bong improvisado com uma garrafa pet de água 500ml

Leia também: Entenda os principais acessórios de um bong antes de comprar. Confira!

Você vai começar fazendo a estrutura do seu bong. Retire a tampa da garrafa assim como a estrutura da caneta, afinal, você vai usar ela para fazer a haste do equipamento.

Em seguida, você precisa abrir um furo na lateral da embalagem. O furo precisa ser do tamanho ideal, para que o tubo da caneta consiga ficar inclinado para baixo. No outro lado da garrafa, faça mais um furo na parte superior, onde estará localizada a válvula do seu bong caseiro.

Para finalizar o processo, você precisa fazer o “forno” do bong usando alumínio. Essa etapa exige um pouco mais de cuidado e manuseio. Ele vai se encaixar dentro do tubo da caneta e será onde você vai colocar o recheio. Daí é só preencher a garrafinha com um pouco de água e está pronto o seu bong caseiro!


Continue navegando por aqui e conheça outros conteúdos “palosos” para você deixar a sua sessão mais dahora. Em nosso blog você encontra posts sobre redução de danos, ativismo, dicas de produtos, cultura canábica e muito mais.

Caso tenha interesse, confira um passo a passo completo de como limpar um bong. Confira!

4/5 - (1 vote)
Autor: Michael da Mata Conheça o maior blog de headshop e tabacaria do Brasil, dicas e conteúdos exclusivos sobre fumos, sedas, viagens e acessórios para você relaxar!
Anterior

Uso medicinal da maconha: entenda a importância e efeitos

7 dicas de marketing para tabacaria: venda muito mais!

Próximo

Visite a loja da Tabacaria da Mata!

Deixe um comentário